.
 
logo
 
Blockchain Descomplicada
 
 
Bem-vindos à Blockchain Descomplicada!

Esperamos que tenham gostado da nossa primeira edição!

A partir de algumas sugestões recebidas, criamos duas novas seções no Boletim: "Square One", espaço dedicado à introdução de conceitos básicos para tornar a tecnologia blockchain ainda mais acessível; e "Blockchain Desk Indica", área especial com artigos voltados para os que têm interesse em se aprofundar no assunto.

Como sempre, contamos com o feedback de todos!

* * *
 
 
Square One
Você sabia que, entre diversas classificações aceitas, é possível afirmar que existem 3 tipos de "cryptocurrencies" (criptoativos) criadas com base na tecnologia blockchain? Vamos a uma explicação bem simplificada:
1. "Criptomoedas" ou "coins" - são as chamadas "moedas virtuais" (também denominadas "dinheiro digital"), que exercem dois papeis principais: moeda e reserva de valor. O exemplo mais conhecido é o Bitcoin.
2. Utility Tokens - são tokens que representam uma "utilidade", como o acesso a um serviço ou produto de uma empresa, ou para serem consumidos durante o uso de uma utilidade oferecida pelo criador do token, incluindo a criação de outros tokens, por exemplo. O Ether, da Blockchain Etherum, é o maior exemplo, mas existem muitos outros.
3. Security Tokens - é uma classificação que gera bastante discussão, pois associa o token ao conceito de security (ou valor mobiliário, em português), sendo que ele pode estar relacionado a qualquer ativo, inclusive participação societária em empresas, investimentos coletivos e assemelhados. Os tokens assim classificados usualmente atraem para si a necessidade de cumprimento da regulação aplicável aos valores mobiliários, tema que surge especialmente nos casos de ICOs (Initial Coin Offerings). A identificação de exemplos depende de análise caso-a-caso.
 
* * *
 
Banco Central incentiva o desenvolvimento do blockchain no Brasil - O Banco Central, em parceria com a Fenasbac, criou o Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnológicas (LIFT). O objetivo do LIFT é incentivar o desenvolvimento de soluções financeiras e tecnológicas fazendo o uso de tecnologias disruptivas como inteligência artificial, machine learning, analytics e blockchain. O Laboratório será um ambiente virtual destinado ao desenvolvimento de protótipos, que posteriormente poderão transformar-se em produtos ou serviços nas aceleradoras dos bancos ou em universidades. (CRIPTOMOEDASFACIL; 21.06. 2018)
 
* * *
 
Congresso Americano solicitou que os seus membros informem se possuem tokens - Um memorando elaborado pelo Comitê de Etica do Congresso Americano, no último dia 18 de junho, informou que todos os seus membros deverão informar se possuem tokens digitais com somatório superior a mil dólares. Os parlamentarem e seus assessores já eram obrigados a divulgar ativos como imóveis e ganhos com investimentos. (BLOOMBERG; 20.06.2018)
 
* * *
 
EUA terá a sua primeira plataforma de ICO registrada na SEC - A companhia Prometheum, sediada em Nova Iorque, formou uma parceria com a Manorhaven Capital, uma corretora já registrada, com fim de ser a primeira plataforma de Ofertas Iniciais de Moedas (ICO - Inital Coin Offering) legalmente registrada. Eles pleitearam perante a SEC o registro como um Sistema de Negociação Alternativo (ATS, na sigla em inglês). Um dos fundadores da Prometheum afirmou que a plataforma será responsável por toda a due diligence e background check de cada companhia que deseje fazer um ICO por seu intermedio. O objetivo e que a plataforma realize o seu primeiro ICO no primeiro trimestre de 2019. (MARKETWATCH, 19.06.2018)
 
* * *
 
Facebook anunciou novas medidas sobre as publicidades voltadas às criptoativos - No último mês, o Facebook alterou a sua política de anúncios de criptoativos passando a permiti-los, desde que o anunciante se cadastre e envie documentação comprobatória da licitude de suas atividades com os criptoativos, assim como as licenças obtidas para negociar os ativos, conforme o caso. No início do ano, o Facebook vetou este tipo de publicidade devido aos problemas enfrentados em diversas redes sociais, pois cibercriminosos estavam utilizando o computador de diversos consumidores para fins de "mineração" de "moedas virtuais", sem a sua anuência ou sem lhes oferecer participação nos resultados obtidos. (CANALTECH, 29.06.2018)
 
* * *
 
Fernando Alonso utilizará plataforma em blockchain para proteção de sua imagem - O piloto bicampeão do mundo de Fórmula 1, Fernando Alonso, firmou contrato com a plataforma da Kodak, "KodakOne", para proteger seus direitos de imagem. A plataforma funciona como um sistema de armazenamento e gerenciamento de direitos autorais de imagens em blockchain. O sistema permitirá que os fãs do piloto acessem a plataforma, que ainda não está online, para carregar, registrar e proteger suas fotos e vídeos de Alonso enquanto são "recompensados". (99CRIPTO, 2.07.2018)
 
* * *
 
Cantor Akon tem planos de construir uma cidade baseada em blockchain no Senegal - No painel "Branding Africa: Blockchain, Entrepreneurship and Empowering the Future", que aconteceu no dia último 18 de junho em Cannes, Akon afirmou que deseja construir sua própria cidade no Senegal com base na tecnologia blockchain e que terá uma moeda digital própria chamada AKoin. De acordo com o cantor, a tecnologia blockchain pode salvar a África de diversas maneiras, devido à sua característica de segurança e imutabilidade. (THE VERGE, 20.06.2018)
 
* * *
 
Blockchain Desk Indica
Recomendamos a leitura do artigo "The Token Classification Framework: A multi-dimensional tool for understanding and classifying cryptotokens", escrito por Thomaz Euler, disponivel aqui. O autor discorre sobre as diferentes formas de classificacao dos criptoativos, de uma maneira abrangente, simples e didatica
 
* * *
 
Mandem suas críticas, sugestões de temas, e tudo mais que possa contribuir para a melhoria do nosso boletim.

Nos vemos na próxima edição!
Blockchain Desk.

 
logo
 
www.fblaw.com.br
facebook
twitter
Caso não queira mais receber este boletim
clique aqui
Caso queira indicar outra pessoa para receber nosso boletim
clique aqui