Bem-vindos à Blockchain Descomplicada!

Esperamos que gostem do nosso boletim! Dê a sua opinião clicando aqui.
O seu feedback é importante para que o boletim melhore a cada edição!

Quer receber nosso boletim? Cadastre-se clicando aqui.
Click here for the English version.

* * *

Back to Square One
Em uma definição geral, Governança é o conjunto de processos, costumes, políticas, leis e regulamentos que determinam a maneira como um grupo, uma comunidade ou uma empresa, por exemplo, é dirigido, administrado e/ou controlado. O tema Governança é de grande importância no mundo corporativo e tem estreita relação com a tecnologia blockchain. Nesta edição, trazemos o texto “Como gerenciar arranjos complexos de governança a partir de sistemas que não dependam de intermediários para tornar o processo mais confiável? ”, publicado pelo Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS), escrito por Roxana Radu e Gabriel Aleixo, que aborda o uso de blockchain em processos de Governança.

* * *

Block News

Boehringer Ingelheim (Canada) faz parceria com IBM para aumentar a qualidade de estudos clínicosVisando melhorar a confiança, a transparência, a segurança dos pacientes e aumentar o empoderamento do paciente em estudos clínicos, a empresa farmacêutica Boehringer Ingelheim (Canada) anunciou parceria com a IBM. O objetivo principal do projeto é aumentar a qualidade dos testes clínicos e seu armazenamento, que, atualmente, têm uma margem de erro grande e podem, potencialmente, colocar o paciente em risco. O uso da blockchain da IBM proporcionará a descentralização da estrutura, preservando a integridade dos dados, aumentando a transparência e permitindo a automação dos processos, aumentando a segurança dos pacientes e reduzindo os custos. (COINDESK; 13.02.2019)

* * *

CEO da Square anuncia que o Cash App terá integração com a Lightning NetworkCash App é um aplicativo desenvolvido pela Square que se propõe a facilitar as transferências de dinheiro, possibilitando o uso de um cartão de débito da bandeira Visa – conhecido como Cash Card -, bem como saques em caixas eletrônicos ou, ainda, transferências para o banco de sua preferência. Além de oferecer transferência de moedas tradicionais (fiat), o aplicativo passou a permitir a compra e transferência de Bitcoins. Como um dos problemas da rede blockchain é a limitação na sua escalabilidade, a aposta é a utilização da Lightning Network. Demonstrando otimismo em relação à solução, o CEO da Square emitiu pronunciamento informando que é uma questão de tempo para que a Lightning Network seja integrada ao Cash App. (COINDESK,11.02.2019)

* * *

JP Morgan emitirá o primeiro criptoativo bancárioO banco JP Morgan, um dos maiores bancos norte-americanos, emitirá o criptoativo chamado “JPM Coin”. Cada JPM Coin equivalerá a um dólar, funcionando de forma similar às stablecoins (explicadas aqui, no nosso boletim do dia 21.08.2018). Atualmente, o criptoativo permite pagamentos internacionais. Mesmo com o pronunciamento do banco, alguns estudiosos do assunto não classificam a JPM Coin como um criptoativo, mas, sim, como uma moeda digital que faz uso da tecnologia blockchain. Um dos argumentos é que o token da JP Morgan, além de ser somente para clientes institucionais, é programado para transações internas, diferentemente de um criptoativo usual, em que todos podem utilizar. Não obstante a dúvida quanto à sua classificação, outros estudiosos defendem que esse passo pode significar o marco temporal para o início do sistema operacional bancário do futuro. (CNBC, 14.02.2019; THE NEXT WEB, 14.02.2019; MOTHERBOARD, 14.02.2019; CONSENSYS, 14.02.2019)

* * *

Baidu lança plataforma para Aplicativos Descentralizados (Dapps)A empresa chinesa Baidu anunciou a inauguração da plataforma Baidu Blockchain Engine que possibilitará a desenvolvedores a produção de aplicações em blockchain. A plataforma tem como base inteligência artificial, Big Data e computação em nuvem, o que permite que os consumidores explorem e desenvolvam novas soluções utilizado a tecnologia blockchain. (COINDESK; 14.02.2019)

* * *

Alemanha abre processo de consulta para explorar a tecnologia blockchainBerlim é um grande centro para desenvolvimento de startups, sendo que uma parte considerável trabalha com tecnologia blockchain. Para viabilizar, de forma concreta, o crescente interesse pela tecnologia, o governo alemão abriu um processo de consulta sobre como explorar o potencial da tecnologia blockchain. (REUTERS; 18.02.2019)

* * *

Universidade de São Paulo recebe apoio da Ripple para pesquisa acadêmica com foco em blockchain, criptoativos e pagamentos digitaisA Universidade de São Paulo (“USP”) ingressou, como parceira acadêmica, na University Blockchain Research Initiative (UBRI), projeto liderado pela Ripple, com o objetivo de promover pesquisa acadêmica sobre conceitos e aplicações da tecnologia blockchain, voltada ao desenvolvimento de materiais de treinamento, como cursos e eventos. A iniciativa contará com uma equipe interdisciplinar, reunindo pesquisadores dos departamentos de Direito, Economia, Matemática, entre outros. Além da USP, a Fundação Getúlio Vargas também é integrante da iniciativa como parceira acadêmica, conforme informações obtidas no próprio site da iniciativa. (JORNAL DA USP, 11.02.2019)

* * *

Universidade de Michigan investe em um fundo voltado para criptoeconomiaA Universidade de Michigan realizou um investimento inicial no fundo administrado por Andreessen Horowitz: o CNK Fund I. O fundo investe em empresas que desenvolvem tecnologia para redes blockchain em fases iniciais. (BLOOMBERG, 19.02.2019)

* * *

U.S. Securities and Exchange Commission (“SEC”) está analisando duas novas propostas de ETF de BitcoinConforme noticiamos nos boletins de 21.08.2018, 11.12.2018 e 28.12.2018, estão pendentes de aprovação na SEC os ETFs de criptoativos. O primeiro pedido foi feito pela startup SolidX em conjunto com a empresa VacEck e vários outros vieram em seguida. No final de 2018, o presidente da SEC, Jay Clayton, afirmou que a aprovação dos ETFs de criptoativos dependia do fim da manipulação do mercado. Agora, no início de 2019, os pedidos feitos pela VanEck/SolidX e pela Bitwise Asset Management (com a NYSE Arca) iniciaram a contagem regressiva de 45 dias para a decisão do órgão. (COINDESK, 20.02.2019)

* * *

Blockchain Trend
Nesta edição, inauguramos a área Blockchain Trend, com o objetivo de ilustrar interseções incomuns da tecnologia blockchain com a sociedade. Esta seção será publicada sempre que identificarmos o uso da tecnologia em marcos comemorativos ou em eventos sociais importantes, por exemplo.

Considerando a aproximação do Carnaval, este será nosso primeiro tema, que não poderia ser melhor. O Carnaval no Brasil – e especialmente no Rio de Janeiro – é reconhecido internacionalmente pelos desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí. O Camarote Corporativo Incentivo Brasil, localizado no setor 05 da Marquês de Sapucaí, utilizará como meio de pagamento oficial o criptoativo BestKoin, emitido pela BIT- Best Innovation Technology LLC de Dubai. Segundo a empresa, a parceria com o camarote na Sapucaí vale pelos próximos dois anos, pelo menos. Como uma das vantagens de se utilizar o criptoativo como pagamento, a empresa destaca a dispensa do pagamento de taxas cobradas para converter diferentes moedas em casas de câmbio.

Ainda no quesito “escola de samba”, a Imperatriz Leopoldinense terá como última ala do seu desfile uma referência ao Bitcoin. O samba-enredo da escola trata da relação do homem com o dinheiro e o desfile será encerrado “falando de um futuro já presente através das moedas criptográficas”.

Já no carnaval de rua, em São Paulo, Luís Hansen, que trabalha numa empresa de inteligência artificial, criou o “Bloco Chain”, que desfilará na terça-feira de carnaval. O evento criado no Facebook para o bloco já tem quase mil confirmações e cerca de 6,5 mil interessados.

* * *

Blockchain Desk Indica
Uma das principais características da Blockchain é a segurança. Com fim de discutir o assunto na ótica da sua “hackeabilidade”, indicamos nesta edição o artigo “Once hailed as unhackable, blockchains are now getting hacked”, de Mike Orcutt, que aborda o assunto de forma detalhada.

* * *

Mandem suas críticas, sugestões de temas e tudo mais que possa contribuir para a melhoria do nosso boletim, clicando aqui.

Confira nossos informativos anteriores clicando aqui.

Até a próxima edição!
Blockchain Desk.