Bem-vindos à Blockchain Descomplicada!

Esperamos que gostem do nosso boletim! Dê a sua opinião clicando aqui.
O seu feedback é importante para que o boletim melhore a cada edição!

Quer receber nosso boletim? Cadastre-se clicando aqui.
Click here for the English version.

* * *

Back to Square One

Publicamos, frequentemente, notícias, artigos e pesquisas em que é abordada a ligação entre o mundo cripto e o sistema financeiro tradicional. Nesta edição, indicamos o documentário australiano “The Bitcoin Doco”, que, em dois episódios, explica os principais conceitos por trás do Bitcoin enquanto traça paralelos com o sistema financeiro atual.

* * *

Block News

BTG Pactual oferta fundo de investimento nos moldes da Instrução nº 555 da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”)Após o lançamento do criptoativo ReitBZ (noticiado no boletim do dia 12.03.2019) e do pronunciamento de que utilizará a blockchain da Tezos em seu próximo STO (noticiado no boletim do dia 05.07.2019), o banco brasileiro BTG Pactual lançou o fundo de investimento Hashdex Digital Assets Discovery Fic Fim, entre outros. O fundo aplicará seus recursos em “investimentos indiretos em criptoativos negociados em terceiras jurisdições”, respeitando, assim, a Instrução Normativa nº 555 da CVM e o Ofício Circular SIN nº11/2018. O fundo esta registrado na CVM e é administrado pela Vortx Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. (COINTELEGRAPH, 23.07.2019)

* * *

MetaMask disponibiliza sua versão beta para celular O MetaMask, empresa que oferece serviço de carteira de criptoativos, lança versão beta para celular da sua carteira virtual de criptoativos: o “MetaMask Mobile”. A versão beta está disponível para Android e iOS. A extensão de desktop gerará um código QR que, quando escaneado pelo dispositivo móvel, sincronizará as informações para o aparelho. (THE BLOCK; 24.07.2019)

* * *

New York Times utilizará a Hyperledger para combater notícias falsas Considerando o fenômeno das notícias falsas (fake news), o New York Times anunciou um novo projeto para combater a prática: o “The News Provenance Project”. O jornal norte-americano usará a Hyperledger, plataforma blockchain da IBM, e, inicialmente, terá como foco a fotografia jornalística, que pode ser “facilmente manipulada” e pode “causar sérias consequências”. A primeira fase do projeto correrá na Hyperledger Fabric e tem como objetivo permitir que seus leitores identifiquem a fonte da foto e se a mesma sofreu alguma modificação depois da publicação. (THE BLOCK; 24.07.2019)

* * *

Facebook participa de audiência do Congresso dos EUA sobre a Libra e a CalibraConforme noticiado no último boletim, o Congresso dos Estados Unidos solicitou que o Facebook suspenda a criação tanto da Libra quanto da Calibra e convocou a empresa para uma audiência pública, que ocorreu no dia 16.07.2019. O chefe do setor de blockchain do Facebook, David Marcus, foi sabatinado pelos senadores a respeito do projeto. De acordo com ele, a intenção do Facebook é lançar a Libra em conformidade com a FinCEN, que ela terá um programa de combate à lavagem de dinheiro, e que o criptoativo será de baixo custo, acessível e seguro. O CriptoFácil publicou os principais destaques da audiência, mas se desejar assisti-la na íntegra, clique aqui. (CRIPTOFACIL, 17.07.2019; FINANCIAL SERVICES COMMITTEE 17.07.2019)

* * *

Senado dos Estados Unidos realizou debate sobre regulação do mundo cripto Após a audiência pública com o Facebook, o Comitê Bancário do Senado dos Estados Unidos decidiu realizar audiência sobre os marcos regulatórios para criptoativos. A sessão aberta ocorreu no dia 30.07.2019 e contou com a presença de alguns especialistas, entre eles o CEO da Circle, Jeremy Allaire e a professora da Faculdade de Direito da Universidade da Califórnia, Mehrsa Baradaran. Entre os inúmeros tópicos de discussão, destacamos-se a manifestação do Senador Mike Crapo, em que ele reconheceu que determinadas inovações tecnológicas (entre elas os criptoativos) são inevitáveis, não havendo como bani-las.

* * *

Jogadores de PUBG poderão receber recompensas em criptoativos Refereum, uma startup de jogos baseados em blockchain, fechou parceria com o jogo PlayerUnknown’s Battlegrounds (PUBG), maior concorrente do Fortnite, para permitir que seus jogadores recebam RFR tokens como recompensas. Estes tokens poderão ser utilizados para fazer compras dentro do jogo, comprar outros jogos e, até mesmo, transferências para jogadores que fazem transmissão simultânea de suas partidas no Twitch. (COINDESK, 24.07.2019)

* * *

Blockchain Desk Indica

Como demonstrado em nossos boletins anteriores, a tecnologia blockchain não se restringe à função de pagamento e é considerada uma tecnologia disruptiva pela maioria dos pesquisadores. Pensando no leque de produtos gerados e patenteados a partir da tecnologia, foi publicado no final de 2018 o artigo “Mapeamento Tecnológico das Patentes Desenvolvidas a partir da Tecnologia Blockchain: um cenário global” de Vinícius José Ferro Gomes, Sívia Beatriz Beger Uchoa e Tygra Ferreira da Silva Santos, o qual indicamos nesta edição.

* * *

Mandem suas críticas, sugestões de temas e tudo mais que possa contribuir para a melhoria do nosso boletim, clicando aqui.

Confira nossos informativos anteriores clicando aqui.

Até a próxima edição!
Blockchain Desk.